25 de janeiro de 2010

20ª coisa completamente aleatória

Os candeeiros são uns objectos perigosos porque nos dão uma falsa sensação de segurança de que há luz à distancia de um interruptor.
Nós usamos as velas todas da casa em banhos perfumados e jantares patéticos para levantar a auto-estima (sabem.. aqueles em que comemos à luz das velas e dizemos a cada garfada "eu mereço fazer coisas assim mesmo estando sozinha") porque não nos passa pela cabeça que um dia teremos de voltar à idade média.
Pois oiçam o que vos digo: um candeeiro apenas se aproveita do trabalho duro da lâmpada e quando ela se reforma com um estalido sonoro e a vossa casa de banho é inundada por uma escuridão imensa (bom.. não imensa que a casa de banho é bem minorca) de nada vos vale. Está apenas ali, pendurado com ar inútil... ou estaria se vocês o conseguissem ver no negrume.
Depois o que é que se faz?
Toma-se banho com o portátil ligado na casa de banho para ter um bocadinho de claridade.. pelo menos durante 10 minutos porque como é óbvio esqueci-me de desligar a protecção de ecrã e entre o champô e o amaciador voltou o breu.
Candeeiros.. humpfft!

3 comentários:

Taralhoca disse...

Pergunta: o que estava o pc a fazer na caba-de-banho minorca?

ameixa seca disse...

10 minutos para tomar banho, isso não é tempo a mais?

Voador disse...

Para tomar banho não! Para aplicar o champô. Porque ainda faltavam mais 10 minutos para o amaciador!

Isso era mesmo um banho... ou um tratamento de beleza?